Intervenção de conservação de 29 moedas e uma medalha em liga de cobre

Este trabalho foi realizado como apoio a entidades externas, entre a DRCALEN e a Câmara Municipal do Alandroal, durante o primeiro semestre de 2015. As moedas e a medalha pertencem à Câmara Municipal do Alandroal. Os 30 objetos provêm de escavações arqueológicas realizadas no ano de 2012 no Castelo do Alandroal e são achados que surgiram em contexto de enterramento, estando depositadas perto de esqueletos ou mesmo dentro da mão destes.

Medalha

A medalha do conjunto de 30 achados arqueológicos em liga de cobre, possui forma oval, com aproximadamente 3 cm por 2,5 cm.

Diagnóstico do estado de conservação

Encontrava-se em razoável estado de preservação mas com bastante sujidade superficial, principalmente resíduos do enterramento, e corrosão ativa, como é possível observar no registo geral antes da intervenção (imagens 1 e 2), que adulteravam e impossibilitavam a leitura da cunhagem.

Intervenção realizada

A intervenção de conservação iniciou-se com uma limpeza mecânica complementada por via húmida. Após remoção de sujidade e dos cloretos de corrosão ativa, a medalha passou pelo processo de estabilização e inibição que transforma a corrosão em materiais mais estáveis. Para finalizar foi aplicada camada de proteção e elaborada embalagem para o seu melhor acondicionamento. Após a intervenção o desenho gravado em ambos os lados da medalha ficaram com bastante visibilidade, permitindo ver que uma das faces é uma cartela com texto e a outra face duas figuras ajoelhadas em oração, como se pode observar nas imagens 3 e 4.

Medalha

Imagem 1 e 2: frente e verso da medalha, registo geral antes da intervenção.

Medalha

Imagem 3 e 4: Imagem 3 e 4: frente e verso da medalha, registo geral após intervenção.

Moedas

Outros dois exemplos do conjunto intervencionado foram duas moedas com aproximadamente 1,5cm de diâmetro.

Diagnóstico do estado de conservação

À semelhança da peça apresentada anteriormente não se percebia com certeza o seu efetivo estado de preservação, uma vez que se encontravam com bastante sujidade e materiais de corrosão ativos que além de prejudicarem a sua leitura, para uma correta identificação, não permitiam perceber o quanto se tinha irreversivelmente perdido a nível material, como se pode observar nas imagens.

A intervenção de conservação consistiu em limpeza mecânica pormenorizada, com recurso a lupa de aumento, complementada por limpeza por via húmida para ajudar a humedecer as concreções de sujidade depositadas superficialmente. Seguidamente procedeu-se à estabilização e inibição dos metais da liga. Para finalizar aplicou-se camada de proteção e executou-se embalagem tendo em vista a melhor conservação preventiva durante o transporte e acondicionamento em reserva.

Mais uma vez, após o tratamento, os bons resultados obtidos permitiram descortinar a cunhagem, neste caso *R*.Sebast/ianus, possibilitando, por sua vez, a identificação e datação, como se observa nas imagens 6 e 7, que registam o antes e depois da intervenção.



Moeda

Imagem 4 e 5: Registo geral antes e após intervenção de uma moeda pertencente ao conjunto de 29.

Moeda

Imagem 6 e 7: Registo geral antes e após intervenção de uma moeda pertencente ao conjunto de 29.

  • 1
  • 2